Resumo da opereta eleitoral

A refletir sobre todas as pesquisas registradas e disponíveis construí este resumo da opereta eleitoral:
 
1 – Rafael Greca aparece em todas no primeiro lugar. Jamais deixou de liderar as pesquisas e tem chance de vencer no primeiro turno. Aí está o grande dilema de Greca. Ele não é o favorito para uma disputa pau a pau.
2 – A disputa se faz agora pelo segundo lugar, na esperança de que haja segundo turno. A soma dos índices de 15 candidatos de oposição está a fungar no cangote de Greca.
 
3 – As oposições estão na ascendente. Greca tem a máquina, estrutura, recursos e tenta se segurar na base da mão de ferro. A verdade é que ele se mantém em primeiro lugar, mas não sobe o suficiente para alcançar metade mais um dos votos válidos. Por isso torce por grande abstenção e autofagia no campo das oposições.
 
4 – O índice de indecisos ainda é alto. Será por aí que os candidatos de oposição resolverão sua vida. Mas isso é insuficiente. Terão que tirar votos dos adversários.
 
5 – Seus adversários diretos são João Arruda, do MDB, Francischini, do PSL; João Guilherme, do Novo; e Goura, do PDT.
 
6 – O PT derrotou antecipadamente o PT. Tornou-se sinônimo de corrupção, mentira, ladroagem. Guarda, é claro, residual de militantes, de gente agradecida pelos favores. Tenta parecer honesto, mas só consegue vender esse peixe para os muito cínicos e os muito ingênuos.
 
 
 

Deixe uma resposta