Covid: Curitiba bate recorde
de casos em um dia

Curitiba bateu recorde de novos casos de Covid-19 em um único dia nesta terça (17) com 879 confirmações da doença. A capital também se aproxima do recorde de casos ativos, já que nesta terça o boletim da Secretaria Municipal de Saúde apontou 7.449 casos ativos, ou seja com potencial de transmissão do vírus. O número só é menor que o divulgado em 26 de julho, quando eram 7.992  casos ativos.  Para ser ter uma ideia da gravidade, o número de casos ativos de coronavírus divulgado nesta terça equivale a 12% de todos confirmados na capital durante a pandemia.

O número de registros diários de casos de Covid-19 foi maior em duas ocasiões, mas computavam mais de um dia. Na última segunda (16), Curitiba somou mais 1.508 casos, mas incluíam as confirmações do último domingo (15). No dia 3 de novembro, o boletim da secretaria informou 896 novos casos, mas ele somava os números de domingo (1) a terça-feira (3), por causa do feriado de Finados.

Com as 13 mortes também confirmadas nesta terça, Curitiba totaliza agora 61.735 infectados e 1.582 óbitos da doença. Segundo a secretaria, 52.438 das pessoas contaminadas já são consideradas recuperadas, ou seja, estão liberadas do isolamento e sem sintomas da doença. As novas vítimas são sete homens e seis mulheres, com idades entre 54 e 77 anos, que estavam internados em hospitais da capital. Dois dos pacientes não tinham qualquer fator de risco para complicações da covid-19. As informações são do Bem Paraná.

Hospitais lotam novamente e cirurgias eletivas são suspensas

O boletim ainda aponta que a taxa de ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) exclusivos para covid-19 é de 78%. Isso significa que restam 61 leitos livres. Com a alta de casos diários e ativos de coronavírus e aumento na lotação de UTIs do SUS e de hospitais particulares, a Prefeitura de Curitiba suspendeu, nesta terça (17), a realização de cirurgias eletivas nos hospitais da cidade. “Com a experiência sobre o comportamento da doença e com os casos novos, é possível que tenhamos um aumento de internamentos na próxima semana e a medida é de precaução para tenhamos um pouco mais de leitos de covid-19 disponíveis e que ninguém fique sem assistência”, disse Márcia Huçulak, secretária municipal da Saúde de Curitiba. A capital paranaense, no entanto, continua na bandeira amarela e, segundo entrevista do prefeito Rafael Greca, na segunda (16), deve permanecer assim nos próximos dias. Ele também descartou o lockdown.

Segundo dados da Secretaria Estadual da Saúde (Sesa), três hospitais da cidade chegaram, na segunda (16), à lotação máxima de leitos de UTI adultos do SUS para tratamento da doença: Hospital Evangélico Mackenzie, com 33 leitos ocupados (100%), Hospital do Idoso, com 52 leitos ocupados (100%) e Hospital do Trabalhador, com 17 leitos (100%). No Hospital de Clinicas, 49 das 51 vagas estão ocupadas e na Santa Casa, 45 dos 55 leitos também estão com pacientes. A cidade está com 230 leitos do SUS para Covid-19 ocupados, e 43 livres.

Após uma sequência de queda nos internamentos, a ponto de serem desativados 72 leitos de UTI SUS exclusivos para covid-19, o movimento de pacientes com sintomas respiratórios nas nove Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) vem aumentando, especialmente depois do feriado de 2 de novembro. Na semana de 2 a 8 de novembro foram 6.752 atendimentos de sintomas de covid-19 nas UPAs. Na semana seguinte, entre os dias 9 e 15, foram 8.300 atendimentos. “Esse aumento também na procura pelo serviço certamente se refletirá em mais internamentos, portanto, já estamos nos adiantando”, afirma Márcia Huçulak.

O Hospital Marcelino Champagnat divulgou uma nota na manhã desta terça (17) que o Pronto Atendimento está trabalhando no limite da capacidade máxima. Na mesma nota, a alta demanda por atendimentos foi atribuída ao aumento de casos de Covid-19 em Curitiba. Em nota, o Hospital declarou estar com 100% dos leitos ocupados.

O presidente Federação dos Hospitais e Estabelecimentos de Serviços de Saúde no Estado do Paraná (Fehospar), Rangel da Silva, informou que a organização trabalha em um levantamento para saber como estão os casos de Covid-19 em todo o Paraná. “A princípio parce que está tendo o início de uma nova onda como a que está acontecendo em São Paulo”, disse. “Realmente é bastante importante a gente ficar alerta”, reiterou Rangel.

Veja os casos ativos desde junho:
JUNHO
1/6: 182
2/6: 207
3/6: 196
4/5: 205
5/6: 201
6/6: 219
8/6: 260
9/6: 293
10/6: 341
11/6: 368
12/6: 396
13/6: 436
15/6: 462
16/6: 819
17/6: 879
18/6: 905
19/6: 1.000
20/6: 1.107
21/6: 1.081
22/6: 1.132
23/6: 1.296
24/6: 1.412
25/6: 1.530
26/6: 1.643
27/6: 1.689
28/6: 1.614
29/6: 1.934
30/6: 2.226
JULHO
1/7: 2.529
2/7: 2.881
3/7: 2.460
4/7: 2.546
5/7: 2.843
6/7: 3.298
7/7: 3.435
8/7: 3.779
9/7: 4.020
10/7: 3.709
11/7: 3.740
12/7: 3.861
13/7: 4.389
14/7: 4.569
15/7: 4.657
16/7: 5.131
17/7: 5.367
18/7: 5.621
19/7 5.705
20/7 5.856
21/7 6.100
22/7 6.385
23/7 6.941
24/7 7.573
27/7 6.514
26/07 7.992
28/7 6.285
29/7 6.064
30/7 5.690
31/7 5.787
AGOSTO
1/8 5.760
2/8 5.556
3/8 5.517
4/8 5.440
5/8 5.235
6/8 5.199
7/8 4.815
8/8 4.450
9/8 4.547
10/8 4.316
11/8 4.611
12/8 4.410
13/8 4.584
14/8 4.257
15/8 4.333
17/8 4.527
18/8 4.891
19/8 4.704
20/8 4.822
21/8 4.393
22/8 4.282
23/8 4.424
24/8 4.514
25/8 4.008
26/8 3.921
27/8 4.001
28/8 3.947
29/8 3.915
30/8 3.877
31/8 3.971
SETEMBRO
1/9 4.210
2/9 4.298
3/9 4.401
4/9 4.576
6/9 4.891
7/9 4.821
8/9 4.613
9/9 4.380
10/9 4.529
11/9 4.348
12/9 4.328
12/9 4.328
13/9 4.487
14/9 4.717
15/9 4.836
16/9 4.644
17/9 4.668
18/9 4.599
19/9 4.405
21/9 4.053
22/9 4.207
23/9 4.176
24/9 3.997
25/9 3.811
26/9 3.784
28/9 3.839
29/9 3.770
30/9 3.624
OUTUBRO
1/10 3.619
2/10 3.620
3/10 3.508
5/10 3.526
6/10 3.324
7/10 3.296
8/10 3.306
9/10 3.329
10/10 3.353
12/10 3.325
13/10 3.223
14/10 2.946
15/10 2.958
16/10 2.975
17/10 3.100
19/10 3.158
20/10 3.045
21/10 3.004
22/10 3.068
23/10 3.132
24/10 3.251
26/10 3.286
27/10 3.492
28/10 3.513
29/10 3.537
30/10 3.650
31/10 3.762
NOVEMBRO
3/11 3.965
4/11 3.935
5/11 4.012
6/11 4.131
9/11 4.395
10/11 4.431
11/11 4.763
12/11 5.004
13/11 5.306
14/11 5.705
16/11 6.849
17/11 7.449

Deixe uma resposta