EMS apresenta live científica do Museu do Amanhã

Os avanços na área da ciência provocados pela Covid-19 serão tema do debate que será exibido pelo Youtube do Museu, amanhã, dia 26, às 17h.

A pandemia e seus desdobramentos científicos geraram muitas dúvidas na população. A velocidade com que pesquisas foram feitas, vacinas desenvolvidas e artigos científicos publicados intrigaram as pessoas em 2020. Para esclarecer as conquistas e os avanços da ciência, a EMS, nova apoiadora do Museu do Amanhã, irá apresentar a live da instituição a ser realizada ao vivo nesta sexta-feira, 26 de março, às 17h, na página do Youtube do museu. O tema do debate é “Acelerações das pesquisas científicas”, passando pelas questões “Como a ciência mundial produziu diferentes vacinas em tão pouco tempo? Como tantos artigos científicos foram publicados em tempo recorde?”.

Os convidados a participar do debate são a Diretora do Laboratório de Desenvolvimento de Vacinas do Instituto Butantan, Luciana Cezar de Cerqueira Leite, e o pesquisador da Escola Nacional de Saúde Pública da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), que atualmente coordena o Observatório Covid-19 da instituição, Carlos Machado de Freitas.

As duas instituições são reconhecidas nacionalmente por sua excelência e se tornaram referência também em vacinas contra a Covid-19. À frente da produção de vacinas no Brasil, ambas foram fundamentais desde o início da pandemia ao orientar a prevenção e o diagnóstico da doença.

E o trabalho delas não parou quando a fabricação de vacinas começou. Os pesquisadores continuam estudando, pesquisando e monitorando o vírus e suas variantes para que o Brasil tenha imunizantes contra a doença para oferecer à população.

EMS: histórico de ações culturais

A EMS acredita na arte brasileira investindo em projetos culturais diversos, como literatura, teatro, música, museus, fotografia, exposições temáticas e concertos nacionais e internacionais. O apoio ao Museu do Amanhã, voltado à área de ciências, com ambientes que estimulam ideias, experiências e perguntas para reflexão sobre como queremos viver – com o planeta e entre nós -, foi estabelecido em 2021. Desde 2019, a farmacêutica vem patrocinando o projeto de revitalização e reinauguração do Museu do Ipiranga e, desde 2013, é apoiadora do Museu de Arte Moderna (MAM) de São Paulo.

EMS APRESENTA: LIVE DO MUSEU DO AMANHÃ: “Acelerações das pesquisas científicas”
Data: 26/03/2021 (sexta-feira)
Horário: 17h00
Onde: Youtube do Museu do Amanhã: http://www.youtube.com/watch?v=LtAH3_K60Vs
Participantes: Luciana Cezar de Cerqueira Leite (Instituto Butantan) e Carlos Machado de Freitas (Fiocruz)

Sobre a EMS
A EMS, maior laboratório farmacêutico no Brasil, líder de mercado há 15 anos consecutivos, pertence ao Grupo NC. Com 57 anos de história e mais de cinco mil colaboradores, atua nos segmentos de prescrição médica, genéricos, medicamentos de marca, OTC e hospitalar, fabricando produtos para praticamente todas as áreas da Medicina. Tem presença no mercado norte-americano com a Brace Pharma, empresa com foco em inovação radical, e com a sua controlada Vero Biotech, localizada em Atlanta, Geórgia (EUA), por meio da qual a EMS obteve em 2019 a aprovação de seu primeiro produto revolucionário submetido à FDA (EUA), posicionando o laboratório como uma empresa de inovação no mercado global. A EMS também investe consistentemente em inovação incremental, em genéricos de alta complexidade e é uma das acionistas da Bionovis, de medicamentos biotecnológicos – considerados o futuro da indústria farmacêutica. A empresa possui unidades produtivas em Jaguariúna (SP); em Brasília (DF); em Hortolândia (SP), onde funcionam o complexo industrial, incluindo o Centro de Pesquisa & Desenvolvimento, um dos mais modernos da América Latina, e a unidade totalmente robotizada de embalagem de medicamentos sólidos; e conta também com a Novamed, localizada em Manaus (AM), uma das maiores e mais modernas fábricas de medicamentos sólidos do mundo. A EMS exporta para 55 países e tem, na Itália, o laboratório de pesquisas MonteResearch. A empresa mantém um histórico consistente de iniciativas sociais, culturais, ambientais e esportivas dentro e fora do país como uma forma concreta de também promover saúde e qualidade de vida.

Deixe uma resposta