Ideológicos x Fisiológicos

Na disputa de cadeiras da Câmara Municipal, os mais bem sucedidos costumam ser os candidatos da tradição do fisiologismo. Fisiológico é o que usa a política para fazer trocas, para prestar e receber favores. Para esse tipo de candidato, falar em ideias, coerência partidária, em princípios, ou em valores morais, é falar ‘abobrinhas’. No oposto estão os candidatos que tem […]

Continue lendo »

Home office – uma praga pós pandemia

Começamos a ver uma luz no final do túnel no tocante à essa pandemia que nos assolou este ano e que atende pelo nome de COVID 19, o famigerado corona vírus. Vacinas em curso, cuidados devidos (sem excessos neuróticos!), e, em breve, voltaremos a ter nossas liberdades reconquistadas. Eu acredito! Muitas mudanças ocorreram. O dinheiro, em muitos casos, mudou de […]

Continue lendo »

Com quantos estupradores
se faz um time de futebol?

Quando eu era criança, o futebol alegre do Santos me cativou. Torci muito pelo alvinegro de 1995. Vibrava com a agilidade e a criatividade dos jogadores. E me divertia ao ouvir as histórias do Santos de Pelé, o time que deixou de jogar campeonatos por um ano inteiro para embarcar numa excursão internacional de jogos espetaculares e autógrafos. O mundo […]

Continue lendo »

Filmes que nunca foram feitos

Existem projetos de filmes que diretores e produtores, por razões diversas, nunca foram finalizados e exibidos ou sequer começados. Roteiros arquivados ou também nem terminados. Um caso famoso é “Napoleão”, que Stanley Kubrick planejava filmar logo depois de “2001: uma odisseia no espaço” de 1968. Visitou diversos países na Europa em busca de locações, convidou Jack Nicholson para o papel […]

Continue lendo »

Amigo de ocasião

Gostar de observar ruas, lugares e pessoas é uma coisa quase natural em quem gosta de escrever sobre o cotidiano. Não são poucos os textos literários que falam da obsessão em observar, perscrutar. Fernando Pessoa, em seu Livro do Desassossego, fala sobre isso: “Não sei quantos terão contemplados, com o olhar que merece, uma rua deserta com gente nela. Já […]

Continue lendo »

Cena anti-imperialista

Em 1960 tivemos uma das eleições mais ideologizadas do Brasil, um racha entre nacionalistas e cosmopolitas, isto é, entre o livre mercado e a intervenção. Havia o Iseb, Instituto Superior de Estudos Brasileiros, uma fábrica de ideologia, como se fosse o oposto da Escola Superior de Guerra, doutrina que nos condicionava geopoliticamente aos Estados Unidos da América do Norte. Pois […]

Continue lendo »

Banalidade do mal

Nunca consegui aceitar pessoa que veem o mal, a crueldade, a tortura, como algo normal. Também não aceito os indiferentes, os alheios, que fecham os olhos ou que aceitam cometer a crueldade por dever ou por crença numa ideologia fanática. Da mesma forma que Hanna Arendt, sempre me espanta quem se submete às ordens do tirano, sem ao menos pensar […]

Continue lendo »
1 2 3 4 5 86