A consciência culpada

Com a pandemia estamos assistindo a uma persistente, e isso além do mundo acadêmico, avaliação dos nossos padrões de desigualdade e num nível não limitado à questão racial para uma apreciação sobre os estratos de classe econômica. Dá a impressão de uma espécie de sentimento de culpa como se a Covid-19 nos convocasse para uma ida a um divã coletivo […]

Continue lendo »

A pirâmide perversa

Há uma certa medida de consciência culpada na insistência com que se descobre a obviedade da sociedade de castas em que vivemos nos números da Covid-19, o que embora enriqueça a bibliografia da nossa pobreza fundamentalmente não a altera. E isso não é feito apenas com dados regionais e também com números cósmicos. Há quem diga “quando me falam em […]

Continue lendo »

Compulsão popular

A quarentena imposta testa a todos e quando modificada pela flexibilização leva o público à ilusão de que o pesadelo acabou e daí a tragédia repetitiva de mais concentração popular seguida de registros de mais casos e também de óbitos. Segue-se o isolamento, o tédio, a ansiedade, para lá na frente repetir-se o trágico ao primeiro afrouxamento. Sísifo conduzindo a […]

Continue lendo »

Tradição lá, apatia aqui

Essas erupções de violência antirracista, de certa forma comuns nos EUA, a atual com uma semana seguida de manifestações em mais de cem cidades com vandalismo, destruição do patrimônio público e que acumulou quatro mil prisões em cinco dias, jamais encontraram no Brasil esse tipo de ressonância até porque a ação policial, de cada cem mata 75% de negros como […]

Continue lendo »

O primado do desprezo

Nunca tivemos tanto desprezo pela ciência como agora a despeito da ocorrência da pandemia da Covid-19 que obriga a essa atmosfera de sonambulismo em escala universal. Há quem acredite que esse surto pode servir de alerta ao eleitorado que vê a ciência como tema secundário na hora de escolher um governante, questão levantada por Rodrigo Soares, mestre de Columbia, economista […]

Continue lendo »

Intolerância radical

Embora a pobreza do discurso político brasileiro – tanto do governo como da acuada oposição – nunca tivemos, paradoxalmente, tanta ideologia a condicionar os comportamentos. A direita, hoje vitoriosa, não tem a articulação doutrinária do discurso integralista dos anos quarenta e cinquenta e da formação de quadros, inclusive em retórica, um dos fortes dos águias brancas. Mas aquela época era […]

Continue lendo »

Ópera de arame farpado

Arquitetos e urbanistas que fizeram intervenções em Curitiba, jamais poderiam imaginar que a paisagem histórica hibernada – seu casario tombado – ficasse sob ameaça clara e contundente de transformar-se, lenta e progressivamente, num cracódromo; e a sua Ópera de Arame numa casamata institucional de um legislativo distanciado do povo. Já por duas vezes – uma substituindo a Câmara Municipal e […]

Continue lendo »

Baixo clero no poder

Não há exemplo mais significativo na vida brasileira de baixo clero do que a trajetória que precedeu a eleição de Jair Bolsonaro. Ocorre que classificá-lo dessa forma como por sua longa carreira parlamentar leva-nos também ao raciocínio de que não eram bem postados os tidos como do alto clero, como Aécio Neves e José Serra, ex candidatos presidenciais desmistificados, como […]

Continue lendo »
1 2 3 8