Amizade

Segundo a Wikipédia é uma relação afetiva, a princípio, sem características romântico-sexuais entre duas pessoas. Em sentido amplo, é um relacionamento humano que envolve o conhecimento mútuo e a afeição, além de lealdade ao ponto do altruísmo. Algumas definições, principalmente aquelas que tentam definir algo indefinível, normalmente esbarram numa burocratização do conceito. Praticamente fazem uma pasteurização desse conceito para que […]

Continue lendo »

Sonâmbulos sem saída

Dá para imaginar que de repente, além da pandemia, tenhamos rotina como a do Rio de Janeiro em nossas cidades de porte médio para cima com balas perdidas matando crianças e gerando profunda comoção enquanto traficantes travam conflitos intermináveis. Uma semana atrás tivemos um ataque a Araraquara que até agora não prendeu ninguém, muito menos abriu perspectivas de esclarecimento e, […]

Continue lendo »

Karajan diretor de filmes

O regente Herbert von Karajan sempre foi muito atento aos progressos da tecnologia. Se preocupava sobremaneira com as suas gravações (gravou desde 1938), regravando ciclos inteiros conforme o som ia melhorando, por exemplo, com o surgimento do estereofônico no final dos anos 50. Quando vislumbrou o áudio digital, anunciou que não faria nenhuma gravação nova com a companhia que não […]

Continue lendo »

Uma bengala para outra centenária

No centenário da Academia Brasileira de Letras, um samba-enredo saudou Machado de Assis, sem citar nenhum livro do Bruxo do Cosme Velho, como o chamou Drummond, e implicitamente o romancista Jorge Amado e o poeta João Cabral de Melo Neto, ao fazer referência aos livros Dona Flor e Gabriela, do primeiro, e Morte e Vida Severina, do segundo, concluindo: “E […]

Continue lendo »

Envelhecer

Espera aí, malemal me formei e já estou quase aposentado? Mal me casei e meus filhos já podem ter filhos? Quando foi que meu cabelo branqueou? E essa dor nas costas que agora atende pelo nome de “vim para ficar”? O que foi que eu perdi?  Quem acelerou o relógio do tempo? Terão sido os infindáveis plantões? Ou talvez as […]

Continue lendo »

Ideológicos x Fisiológicos

Na disputa de cadeiras da Câmara Municipal, os mais bem sucedidos costumam ser os candidatos da tradição do fisiologismo. Fisiológico é o que usa a política para fazer trocas, para prestar e receber favores. Para esse tipo de candidato, falar em ideias, coerência partidária, em princípios, ou em valores morais, é falar ‘abobrinhas’. No oposto estão os candidatos que tem […]

Continue lendo »
1 2 3 13