Deixo o poeta arder

A música no jardim tinha dor inexplicável Anna Akhmátova Quando eu for […] contem o número de mosquinhas do banheiro Mariana Marino Não cheguei nem perto, ouço só o que dizem, mas sei o que está escrito. E é assim que começo nossa conversa, numa confusão entre vida e morte, num segundo olhar atrasado, sabendo estar tomada por uma doença […]

Continue lendo »