Destino: amanhecer em Antonina

Antonina existe, está no mapa, tem rádio, prefeito, igreja, bordel, escola, restaurante. Tem ruas, praça, calçada e até semáforo – um só, mas está lá: atenção, pare, siga. Tem lojas, farmácia, peixaria e mercado. Tem música, lendas, apelidos e carnaval. Tem água, barcos, porto, trilhos, árvores e flores. Tudo muito tátil, muito ao alcance das mãos, dos olhos. Mas a […]

Continue lendo »

Destino: a fé de Salvador

Não tem como negar, a cidade de Salvador é, para mim, um estado. De espírito. Lugar que povoa minha imaginação de forma muito descolada da realidade de uma metrópole em que quase três milhões de pessoas vão e vêm. A Salvador de toda minha vida tem baianas do tempo do imperador; acordam em trajes brancos, rendados, rodados e adocicam tudo […]

Continue lendo »